MUSEU DO CÔA

Novidade no Museu do Côa: desde o início de abril, os visitantes têm a sua disposição o serviço de áudio-guia, cujos conteúdos, segundo a direção do museu, foram “inteiramente validade pela equipa de investigação da Fundação Côa Parque”. Legal, né? … Continuar lendo

EXPOENTE MÁXIMO DO ROMANTISMO

Arrisco dizer que este é um dos quatro monumentos mais espetaculares de Portugal, ao lado do Mosteiro dos Jerónimos (Lisboa), do Forte de Nossa Senhora da Graça (Elvas) e do Mosteiro da Batalha. Ocupando uma posição privilegiadíssima, no alto da … Continuar lendo

QUINTA DE ERVAMOIRA

Ervamoira, a primeira quinta vinhateira do Douro a receber o título de patrimônio mundial, em 1998. A propriedade da Ramos Pinto fica dentro do Parque Arqueológico do Vale do Côa, bem em frente ao sítio conhecido como Penascosa, do outro lado do rio.

Dá para acreditar que um lugar tão bonito esteve à beira de ser riscado do mapa? Sua morte chegou a ser anunciada: Ervamoira desapareceria sob as águas do lago que ali se formaria por causa da construção de uma barragem. Com a descoberta das gravuras rupestres, a obra foi interrompida – para nunca mais ser retomada. Sorte minha, que já estive lá e pretendo voltar em breve. Sorte sua, que também já foi ou ainda vai. Sorte da humanidade.

A propriedade da Ramos Pinto fica bem em frente ao sítio arqueológico de Penascosa

A propriedade da Casa Ramos Pinto fica bem em frente ao sítio de Penascosa, do outro lado do Côa

© Foto: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

MONSERRATE

Assista ao vídeo e me diga se esse lugar não merece uma visita de, no mínimo, um dia inteiro. Ou de dois, três dias, sei lá… Eu passaria fácil uma semana inteira explorando Monserrate. No último mês de setembro, a European Garden Heritage Network deu-lhe o título de jardim europeu do ano na categoria Parques Históricos. Pode acreditar: há muito mais para conhecer em Sintra além do Parque da Pena, do Palácio Nacional e do Castelo dos Mouros.