CONVENTO DE CRISTO

Janela do Capítulo

Foto: © Eduardo Lima / Walkabout

OS POSTS MAIS VISTOS EM 2016

1º – COLÉGIO DO ESPÍRITO SANTO 2º – UM DOS MONUMENTOS MAIS ESPETACULARES DE PORTUGAL 3º – ROTA DOS VINHOS DO ALENTEJO 4º – ONDE NASCEU O PRIMEIRO REI 5º – A JANELA MAIS IMPORTANTE DE PORTUGAL 6º – MONSARAZ 7º … Continuar lendo

INSPIRAÇÃO TEMPLÁRIA

Essa é a janela neomanuelina do Palácio da Pena, em Sintra. Já percebeu como ela é parecida com famosa Janela do Capítulo, do Convento de Cristo, em Tomar? Não é coincidência, trata-se de uma cópia mesmo.

A janela neomanuelina do Palácio da Pena, em Sintra: cópia da Janela do Capítulo em Tomar

A janela da Pena: cópia da Janela do Capítulo em Tomar

© Foto: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

No website da Parques de Sintra, que administra o palácio, a história é resumida assim:

“A janela neomanuelina do Palácio da Pena é uma recriação revivalista da célebre janela manuelina do Convento de Cristo de Tomar do século 16, que o rei D. Fernando tinha visitado pela primeira vez em 1843 (foi também por iniciativa do rei que se mandou demolir um pequeno claustro que ocultava esta janela, que hoje está à vista de todos). Impressionado por este ícone da arte do tempo dos Descobrimentos, D. Fernando incluiu uma versão simplificada na fachada poente do Palácio Novo, que no interior corresponde à Sala de Fumo.

Aqui foi retomada a temática decorativa nos elementos de pedra que emolduram uma janela de volta inteira: esferas armilares, correntes, cordas e motivos vegetalistas, assim como a cruz de Cristo. Sob a janela e sobre o óculo à maneira de rosácea, vêm-se as armas do rei consorte, constituído pelas armas da sua esposa, rainha D. Maria II, e pelas da sua família de origem, os duques de Saxe-Coburgo. Com esta janela inaugurou-se o estilo neomanuelino, tão determinante na arte e arquitetura portuguesas até aos inícios do século 20.”

CONVENTO DE CRISTO EM P&B

A Charola e a Janela do Capítulo, provavelmente os dois maiores highlights do Convento de Cristo, em Tomar.

Charola: mais bem preservado monumento templário da Europa

Charola: o mais preservado monumento templário da Europa

Janela do Capítulo: máxima expressão do estilo manuelino

Janela do Capítulo: máxima expressão do estilo manuelino

No website do monumento, a gente lê o seguinte:

“O Castelo de Tomar e Convento de Cristo, sede das ordens religiosas e militares do Templo e de Cristo, foi classificado como património da humanidade e inscrito na lista do património mundial da Unesco em 1983. Os critérios que presidiram à sua classificação tiveram em conta, particularmente, a Charola dos templários e a invulgar janela ocidental da nave manuelina, cuja construção amplia e prolonga para fora do castelo a própria rotunda, primitivo oratório dos cavaleiros.”

“A Charola, para além de ser um dos melhores entre os raros exemplares existentes de igreja em rotunda, simboliza o mundo medieval europeu, das cruzadas e da defesa da fé. A janela manuelina, na originalidade da sua gramática decorativa, constitui a primeira síntese das artes europeia e oriental.”

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

O REFEITÓRIO DE CRISTO

O REFEITÓRIO DE CRISTO

Diante da exuberância de atrações como a Charola, o Claustro Principal ou a Janela do Capítulo, poucos são os visitantes do Convento de Cristo que se ocupam deste espaço por mais do que alguns poucos minutos. Pois comigo acontece o oposto. … Continuar lendo

A JANELA MAIS IMPORTANTE DE PORTUGAL

Eis a igreja do Convento de Cristo – sólida, maciça, algo intimidadora. E, na foto seguinte, a Janela do Capítulo, citada em um dos posts anteriores. Ela é considerada a expressão máxima da arquitetura manuelina. Tem esse nome porque fica no edifício que um dia foi a Casa do Capítulo, local onde aconteciam as reuniões gerais de freires e cavaleiros da Ordem de Cristo. Perceba que bem lá no alto, acima até do brasão das Armas de Portugal, está a cruz dos templários. Encomendada por D. Manuel I e desenhada por Diogo de Arruda, essa janela tem mais de 500 anos. Vale uma semana inteira de posts, um para cada detalhe da sua ornamentação. Ainda farei isso aqui.

A igreja do Convento de Cristo, algo intimidadora de tão sólida

A igreja do Convento de Cristo, em Tomar: algo intimidadora de tão sólida e maciça

A Janela do Capítulo, máxima expressão da arquitetura manuelina

A Janela do Capítulo: pura arquitetura manuelina

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

FORTALEZA TEMPLÁRIA

FORTALEZA TEMPLÁRIA

Quem visita o Convento de Cristo sem conhecer sua história deve achar tudo muito estranho logo de cara. Afinal, é essa muralha defensiva que recepciona os visitantes. Até se deparar com a igreja, lá dentro do complexo, a impressão que se … Continuar lendo