VISITA GUIADA ÀS GRAVURAS DO CÔA

Dez fotos clicadas em 2012, durante minha primeira visita às gravuras rupestres do Vale do Côa. Naquela ocasião, foram dois dias seguidos de trabalho, em dois sítios arqueológicos distintos, Penascosa e Canada do Inferno, mas acompanhado da mesma guia. As … Continuar lendo

ARTE PRÉ-HISTÓRICA

Uma das minhas gravuras favoritas em Penascosa: a cabra-montês – ou íbex ibérico – da Rocha 5. Esse é um dos bichos que mais foram representados pelos artistas paleolíticos do Vale do Côa – ao lado do cavalo e do auroque. “A importância do Côa se revela não só pelo número de gravuras”, diz o arqueólogo António Martinho Baptista, “mas também pela qualidade estética delas”.

A cabra da Rocha 5 de Penascosa: uma das espécies mais retratadas pelos habitantes pré-históricos do Côa

A cabra da Rocha 5 de Penascosa: uma das espécies mais retratadas no Vale do Côa

© Foto: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

PENASCOSA

Documentário bacana sobre a arte pré-histórica do Vale do Côa, produzido e exibido pela RTP2. O mais legal são as explicações do arqueólogo António Martinho Baptista para algumas das principais gravuras de Penascosa – o “coração” do conjunto declarado patrimônio mundial pela Unesco.

PENASCOSA, VALE DO CÔA

PENASCOSA, VALE DO CÔA

Rocha 6 do sítio arqueológico de Penascosa, no Vale do Côa. Essas gravuras – dois cavalos e dois cabritos-monteses – são do Paleolítico Superior. Foram feitas há pelo menos 10 mil anos. E fazem parte de um dos mais importantes conjuntos … Continuar lendo