Cap 6 – CONVENTO DE CRISTO (CHAROLA E MURALHA)

Estas são 14 das 26 fotos do Convento de Cristo de que mais gosto, clicadas em duas visitas a Tomar, 2009 e 2014. Preciso reduzi-las a um conjunto de, no máximo, cinco imagens. Quais você escolheria? De novo, peço ajuda … Continuar lendo

Cap 3 – SINTRA (CASTELO DOS MOUROS)

Dando sequência à pré-edição das fotos, e encerrando a série Sintra, aqui vão cinco imagens do Castelo dos Mouros – lugar no qual estive duas vezes, em 2009 e 2012. A maioria dos leitores já deve saber: estou compartilhando com … Continuar lendo

ONDE NASCEU O PRIMEIRO REI

Ele é pequeno se comparado a outras fortalezas medievais que você provavelmente conhece. Mas sua relevância, pelo menos para os portugueses, é inversamente proporcional às suas dimensões. As muralhas do Castelo de Guimarães deram abrigo à corte de D. Afonso … Continuar lendo

ELVAS EM P&B – FORTE DE SANTA LUZIA

Como prometido na semana passada, eis o pequeno ensaio em preto-e-branco sobre o Forte de Santa Luzia, em Elvas, composto de fotos clicadas durante minha mais recente visita à cidade alentejana, em outubro de 2015. Amo de paixão essa fortaleza, … Continuar lendo

ELVAS EM P&B – A CIDADE

Dou início hoje a uma série de posts com fotos em preto-e-branco da cidade de Elvas, declarada patrimônio da humanidade pela UNESCO em 2012. Todas as imagens foram produzidas durante minha mais recente visita ao lugar, em outubro do ano … Continuar lendo

INIMIGOS NO ESPETO

Em minha mais recente visita ao Forte de Nossa Senhora da Graça, na cidade alentejana de Elvas, fui apresentado pelo amigo Jacinto Cesar a um dos elementos defensivos mais curiosos daquela fortaleza: as covas de lobo, armadilhas que se prestavam … Continuar lendo

UM VÔO SOBRE A FORTALEZA

Neste vídeo curtinho, com menos de três minutos de duração, você vai sobrevoar o Forte de Santa Luzia, em Elvas, que faz parte do conjunto declarado patrimônio mundial há quatro anos. Sua grandiosidade é tamanha que só mesmo assim, do alto, é possível ter a devida noção da sua geometria arquitetônica e das suas dimensões. No texto que acompanha o vídeo no Youtube, seu autor, Nuno Castro, escreve o seguinte:

“Nos arredores da fronteiriça cidade alentejana de Elvas desenvolveu-se uma série de fortificações dos séculos 17-18, perímetro defensivo monumental que provou sua eficácia nas guerras da Restauração. Com efeito, ao longo do desgastante cerco das Linhas de Elvas, confrontação que decorreu entre os exércitos português e espanhol entre 22 de outubro de 1658 e 14 de janeiro de 1659, o enorme exército invasor, comandado por D. Luis de Haro, levantou cerco e retirou-se sem honra nem glória. Alguns dos seus fortins foram construções efémeras, mas outros fortes houve que foram concebidos para permanecer e tolher o passo ao caminho dos exércitos invasores do território português. Neste último caso, situam-se o notável Forte de Nossa Senhora da Graça (obra setecentista), o da Coroada e o Forte de Santa Luzia. Este último ergue-se numa elevação, em redor de Capela de Santa Luzia, revelando-se uma obra de arquitetura militar seiscentista que alia à eficácia defensiva uma indesmentível qualidade estética.”

HERÓI DA RESISTÊNCIA

Aqui vão mais duas fotos do Forte de Santa Luzia, em Elvas, integrante do conjunto de fortificações declarado patrimônio da humanidade pela UNESCO em 2012. Segundo os livros de história, esta fortaleza resistiu bravamente ao cerco inimigo durante a Guerra … Continuar lendo

TAL QUAL UM VIGILANTE

Cá estamos de novo no Forte de Santa Luzia, em Elvas, Alto Alentejo. Trata-se de uma fortaleza parruda, encarapitada, tal qual um vigilante, em uma colina que se eleva defronte à parte sul da praça-forte da cidade. Não é tão grande quanto … Continuar lendo