SEIS QUILÔMETROS, 180 ARCOS

SEIS QUILÔMETROS, 180 ARCOS

Aqueduto dos Pegões, em Tomar, integrante do conjunto declarado patrimônio da humanidade em 1983. No website da Direção-Geral do Patrimônio Cultural (DGPC), lê-se assim sobre ele: “O Aqueduto do Convento de Cristo, ou dos Pegões, foi projectado no início do … Continuar lendo

MUSEU DE ALBERTO SAMPAIO

Não há visita completa a Guimarães, na região Norte de Portugal, sem uma passada, ainda que rápida, pelo Museu de Alberto Sampaio. Ele ocupa alguns edifícios anexos à Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, uma das principais atrações da cidade, … Continuar lendo

RUA DE SANTA MARIA

Essa talvez seja a minha rua favorita no centro histórico. É uma das mais antigas da cidade: provavelmente foi aberta na segunda metade do século 10, para ligar o convento fundado pela condessa Mumadona Dias (na parte baixa do povoado medieval) ao castelo (situado na parte mais alta da vila). Em documentos do século 12, ela já é citada com o nome de Santa Maria. Hoje, liga a Praça da Oliveira ao Largo do Carmo. Seu conjunto arquitetônico é belíssimo, muito bem preservado. Entre os edifícios mais importantes, destacam-se a Casa do Arco, cuja construção remonta ao século 13, e o Convento de Santa Clara, do século 16.

Guimarães

Rua Santa Maria, provavelmente aberta em meados do século 10

Casa do Arco, construída no século 13

Casa do Arco, construída no século 13

Convento de Santa Clara, do século 16

Convento de Santa Clara, do século 16

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados