DOURO

DOURO

Vista sobre o Rio Douro da Quinta de Castelo Melhor, uma propriedade da João Portugal Ramos. Posso falar? Os vinhos produzidos com as uvas cultivadas aqui são espetaculares. © Foto: Eduardo Lima / Walkabout Anúncios

BELÉM POR PESSOA

“(…) O espanto do turista começa quando o barco se aproxima da barra e, depois de passar o farol do Bugio – a pequena torre-guardiã na embocadura do rio, construída há três séculos sobre planta de Frei João Turriano – lhe aparece … Continuar lendo

VIAGEM A PORTUGAL I (I)

VIAGEM A PORTUGAL I (I)

Andei revisitando as fotos da minha primeira passagem por Portugal, em 2009. Havia… Sei lá, 3 ou 4 anos que eu não me embrenhava no material bruto dessa viagem. Sabe o que aconteceu? Descobri imagens bem bacanas, mas que estavam no limbo, perdidas … Continuar lendo

DOURO DE BARCO

É perfeitamente possível conhecer o Douro navegando. Você pode embarcar num navio de cruzeiro na cidade do Porto e ir até a fronteira com a Espanha. Acho bacana, uma experiência legal de ter no currículo. Sem contar a mudança de perspectiva. Vista de um barco no meio do rio, a paisagem é outra. Tem também a curtição de passar por uma ou mais barragens no caminho, como a da Valeira (32 metros de desnível) e a do Pocinho (20 metros). Mas eu não embarcaria num cruzeiro muito longo – há opções de até 8 dias. Um passeio de dia inteiro entre Peso da Régua e Barca d´Alva, por exemplo, está de bom tamanho.

Navio de Cruzeiro no Douro Superior, em frente aos vinhedos da Quinta do Vale Meão

Navio de cruzeiro no Douro Superior, quase em frente aos vinhedos da Quinta do Vale Meão

Na Barragem da Valeira, em São João da Pesqueira, os barcos vencem um desnível de 32 m

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados