Elvas, robusta e imponente: aqui esgotou-se a arte de fortificar

O último regimento militar saiu de Elvas há mais de dez anos, mas esta memória bélica de uma cidade que, durante séculos, foi considerada a chave do reino ainda se sente a cada passo. Uma redescoberta do “melhor exemplo de cidade-quartel de fronteira”, Património Mundial pela UNESCO.

https://www.publico.pt/2020/09/26/fugas/reportagem/elvas-robusta-imponente-aqui-esgotouse-arte-fortificar-1931737

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s