O Douro que o “mestre Noel” deixou

O Douro que Noel Magalhães deixou começa em São João da Pesqueira, onde o fotógrafo amador nasceu, e alonga-se pelo Peso da Régua, onde morreu com 99 anos, a 30 de Novembro. Durante décadas de travessia, desde a fronteira espanhola até ao Porto, o “mestre Noel”, como era conhecido na região, acompanhou as vindimas, esperou que os rabelos se enchessem de pipas e seguiu o rio e quem trabalha os seus socalcos. 

https://www.publico.pt/2020/12/10/p3/fotogaleria/noel-magalhaes-403781

Aldeias Históricas de Portugal: wi-fi em todas e uma rede ciclável de 3500 km

As 12 aldeias estão “hoje estão cobertas com 100% de rede de fibra ótica”. E em redor delas vai surgir identificada a “maior rede de percursos cicláveis do país”.

https://www.publico.pt/2020/12/10/fugas/noticia/aldeias-historicas-portugal-wifi-rede-ciclavel-3500-km-1942554