ANOITECE EM BELÉM

Esse é o cair da noite sobre a Torre de Belém, em Lisboa, num domingo de outubro, 2015. As fotos foram todas clicadas mais ou menos entre as 17h30 e as 18h30. Um horário mágico para estar ali. O lugar fica cheio de corredores, ciclistas, gente caminhando… E turistas, é claro, mas não em número exagerado. Foi o que eu vi, pelo menos naquele fim de tarde, e em mais alguns que passei fotografando o monumento e seu entorno. Para mim, esse é um dos programas mais gostosos de Lisboa.

17h46

17h58

Minha sugestão para um dia inteiro de passeio:

1 – Se estiver hospedado em outro bairro de Lisboa, chegue cedo a Belém para tomar um café demorado no Pastéis de Belém – com direito, inclusive, a um cálice de Porto Vintage, por que não?

2 – Esteja diante do Mosteiro dos Jerónimos antes da abertura do monumento, para ser um dos primeiros a entrar (tanto na Igreja de Santa Maria quanto no próprio mosteiro). E vá preparado, sabendo quais fotos quer fazer primeiro, sem multidão por todo lado. Você fará alguns clicks bem legais, pode acreditar. Enquanto espera o mosteiro abrir, aproveite para fotografar a fachada da igreja. De manhã, a luz que incide sobre ela pode ser bem bonita.

3 – Almoce em algum restaurante “barato” ali na região dos Pastéis de Belém ou na Nunes Real Marisqueira, se uma conta sensivelmente mais alta não for problema.

4 – Que tal mais um pastel de nata e outro cálice de Porto antes de rumar para a Torre de Belém?

5 – Vá caminhando até a Torre de Belém, margeando o Tejo. No meio do caminho, dê uma boa parada para visitar o Padrão dos Descobrimentos, com direito a subida até o topo do monumento. Já escrevi aqui: a vista lá de cima é ótima. Não será o melhor horário do dia para subir, pelo menos no que se refere à luz. Mesmo assim, vale o crime.

6 – Encerrada a visita ao padrão, siga para a Torre de Belém. Comece curtindo-a por fora, sem pressa. Depois, conheça-a por dentro. E seja o último a deixar o monumento quando der a hora do fechamento. De novo: sem multidão ao redor, você fará fotos especiais.

7 – Fique de bobeira em volta da torre até o anoitecer. O melhor a fazer é arranjar uma cerveja ou uma taça de vinho e encontrar um lugarzinho para sentar. Dali, siga direto para um bom restaurante. O que não falta na cidade são bons lugares para comer.

Diga aí, não é uma maravilha de roteiro para um dia em Lisboa?

18h02

18h38

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s