PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Quem circula entre a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, necessariamente passa diante do Padrão dos Descobrimentos, um dos monumentos mais imponentes da cidade. Cartão-postal, lugar de visita obrigatória. Primeiro, pela real imponência do padrão. Ele tem 56 metros de altura, o equivalente a um prédio de 15 andares. Depois, porque o monumento fica estrategicamente colado à margem direita do Rio Tejo, com a Ponte 25 de Abril ao fundo quando a gente olha para ele pela face oeste. Nem precisaria dizer, né? A vista lá do topo da estrutura, onde se chega de elevador, é bem legal.

Padrão dos Descobrimentos, face leste, Lisboa

No website do monumento, está escrito assim:

“Da autoria do arquitecto Cottinelli Telmo (1897 – 1948) e do escultor Leopoldo de Almeida (1898 – 1975), o Padrão do Descobrimentos foi erguido pela primeira vez em 1940, de forma efémera e integrado na Exposição do Mundo Português. Construído em materiais perecíveis, possuía uma leve estrutura de ferro e cimento, sendo a composição escultórica moldada em estafe (mistura de espécies de gesso e estopa, consolidada por armação ou gradeamento de madeira ou ferro). Em 1960, por ocasião da comemoração dos 500 anos da morte do Infante D. Henrique, o Padrão é reconstruído em betão e cantaria de pedra rosal de Leiria, e as esculturas em cantaria de calcário de Sintra. Em 1985, é inaugurado como Centro Cultural das Descobertas. O arquitecto Fernando Ramalho remodelou o interior, dotando o Padrão de um miradouro, auditório e salas de exposições.”

A face leste do monumento, à beira do Tejo

Padrão dos Descobrimentos, face leste

“Isolado e destacado no paredão à beira do Tejo, o Padrão dos Descobrimentos evoca a expansão ultramarina portuguesa, sintetiza um passado glorioso e simboliza a grandeza da obra do Infante D. Henrique, o impulsionador das descobertas. Uma caravela estilizada faz-se ao mar, levando à proa o Infante D. Henrique e alguns dos protagonistas (32) da gesta ultramarina e da cultura da época. Navegadores, cartógrafos, guerreiros, colonizadores, evangelizadores, cronistas e artistas são retratados com os símbolos que os individualizam. Um mastro estilizado, com orientação Norte-Sul, tem em cada uma das faces dois escudos portugueses, com cinco quinas, envolvidos por faixa com 12 castelos e, ao centro, várias flores-de-lis. Ao mastro adoçam-se, em cada face, três estruturas triangulares, curvas, dando a ilusão de velas enfunadas pelo vento.”

Face oeste (dir p/ esq, Fernão Mendes, D. Filipa de Lencastre e Infante D. Pedro

“A face norte é formada por dois gigantes de cantaria, onde se veem inscrições em letras metálicas. No lado esquerdo, sobre uma âncora: AO INFANTE D. HENRIQUE E AOS PORTUGUESES QUE DESCOBRIRAM OS CAMINHOS DO MAR; no lado oposto, sobre uma coroa de louros: NO V CENTENÁRIO DO INFANTE D. HENRIQUE 1460 – 1960. Ao centro, um lanço de nove degraus dá acesso a um átrio com vista para toda a zona que circunda o Padrão. Um segundo lanço de cinco escadas, um portal com arco de volta perfeita e uma moldura formada pelas aduelas dão acesso ao interior do monumento.”

A Rosa-dos-Ventos, no terreiro de acesso ao padrão, vista do miradouro

O Mosteiro dos Jerónimos visto do Padrão dos Descobrimentos

O planisfério da Rosa-dos-Ventos, com 14 metros de largura

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout

PARA QUANDO VOCÊ FOR

Como chegar

  • Trem: Estação de Belém
  • Elétrico: Carreira 15
  • Ônibus: 728, 714, 727, 729 e 751
  • Passagem subterrânea: junto ao Centro Cultural de Belém (CCB)

Horário

  • Março a setembro: das 10h às 19h (todos os dias)
  • Outubro a fevereiro: das 10h às 18h (de terça a domingo)
  • Fechado: 1º de janeiro; 1º de maio e 25 de dezembro

Bilhetes

  • Simples: 5 €
  • Família (dois adultos + dois jovens de 12 a 18 anos): 12,50 €
  • Estudantes e maiores de 65 anos: 2,50 €

A passagem subterrânea junto ao Centro Cultural de Belém

Anúncios

Um pensamento sobre “PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

  1. Pingback: ANOITECE EM BELÉM | Portugal - Patrimônios da Humanidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s