CAMPO MAIOR

Guardo as melhores lembranças dessa cidade, na qual me hospedei por quase uma semana em 2015. No website Visit Portugal, lê-se assim sobre ela:

“Como tantas outras, Campo Maior é uma serena e tranquila vila do sul de Portugal, muito perto da fronteira com Espanha. A tradição conta que teve origem na vontade de três famílias camponesas que se resolveram juntar para formar uma povoação e se protegerem mutuamente.

O nome da vila vem dos romanos (Campus Maior) mas vai mantendo a memória da posterior ocupação muçulmana nas casas caiadas, com toques de azul e de ocre. Inicialmente, pertenceu ao Bispado de Badajoz e só mais tarde, com o Tratado de Alcanizes, em 1297 (um tratado de paz entre Espanha e Portugal), foi integrada em território português. Mesmo depois disso, sempre manteve uma relação muito familiar com a próxima vila de Badajoz.

A população desta vila é conhecida pelo seu carácter. No ano em que a vontade de todos coincide, realiza-se uma das festas populares mais interessantes do país – a Festa das Flores, também conhecida como Festa do Povo. Então, os moradores de cada rua juntam-se para a enfeitar de flores de papel em composições alegres e coloridas (normalmente na primeira semana de setembro). Milhares de pessoas costumam visitar a vila decorada de papel e de cor.

De interesse histórico, pode ver em Campo Maior a Capela dos Ossos construída em 1766, uma das três existentes em Portugal.”

Campo Maior, uma serena e tranquila vila no sul de Portugal

© Foto: Eduardo Lima / Walkabout

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s