A VISTA DO JARDIM DE DIANA

Eis aqui duas das grandes atrações de Évora, cujo centro histórico foi declarado patrimônio mundial pela UNESCO em 1986. No primeiro plano, o que se vê é um pedaço do Templo Romano, com suas belas – e muito bem preservadas – colunas coríntias. Ao fundo, destaca-se a monumental torre-lanterna da Sé, única do gênero em Portugal.

O Templo Romano e a torre da Sé, duas das grandes atrações de Évora

O Templo Romano e a torre da Sé, duas das grandes atrações de Évora

A foto foi feita do Jardim de Diana, que leva esse nome justamente por causa do templo. “Mas qual seria a relação de uma coisa com a outra?”, pode perguntar o leitor menos familiarizado com a história da cidade alentejana. Muito simples: o Templo Romano é popularmente conhecido, tanto pelos turistas quanto pelos próprios eborenses, como Templo de Diana. Tudo por causa de uma lenda sem fundamento algum, segundo a qual ele teria sido construído em louvor à deusa romana da lua e da caça. Hoje, sabe-se que templo foi erguido, no século 1, em homenagem ao imperador Augusto. Era parte integrante do fórum da cidade, então chamada Ebora Liberalitas Juli. Trata-se do símbolo máximo da presença romana em território português.

© Foto: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s