VALEU, MADEIRA!

Minha passagem pela Ilha da Madeira está chegando ao fim. Foram sete dias incríveis. Deixo aqui algumas fotos (feitas com o meu iPhone – as clicadas com a câmera, só quando eu voltar para o Brasil). É um super obrigado ao pessoal do Turismo da Madeira, em especial à Sandra Gouveia e à Vanda Gonçalves, ambas de uma gentileza ímpar.

Amanhã, Alentejo!

Funchal

Funchal

Funchal

Funchal

Funchal

Funchal

Pico do Arieiro - Pico Ruivo

Pico do Areeiro – Pico Ruivo

Pico do Arieiro

Pico do Areeiro

Miradouro dos Balcões

Miradouro dos Balcões

Boaventura, costa norte

Boaventura, costa norte

Porto Moniz, costa norte

Porto Moniz, costa norte

Levada das 25 Fontes

Levada das 25 Fontes

Laurissilva, Fanal

Laurissilva, Fanal

O MELHOR DE ELVAS

Reúno neste post as melhores fotos de Elvas já publicadas no blog. E aproveito para lembrar mais uma vez: revisitarei a cidade em outubro, durante uma viagem a Portugal que começa já no próximo domingo, dia 20. Essa será a quarta etapa de documentação fotográfica do projeto Portugal – Patrimônios da Humanidade. Primeiro, irei para a Ilha da Madeira fotografar a floresta Laurissilva (patrimônio mundial desde 1999). Depois, para Évora e Elvas (classificadas pela Unesco em 1986 e 2012, respectivamente). Antes de voltar para o Brasil, ainda passarei por Lisboa, para mais uma rodada de fotos no Mosteiro dos Jerónimos e na Torre de Belém (ambos tombados em 1983).

A viagem será transmitida em tempo real no Facebook, no Instragram e no Twitter, mas também poderá ser acompanhada em posts semanais aqui no blog. Este ano, conto com o apoio do Turismo da Madeira e do Turismo do Alentejo.

Convido-o a seguir meus passos em território português a partir de domingo – dia a dia, hora a hora. E a descobrir o que acontece nos bastidores de uma reportagem fotográfica. Bora pra Portugal!

Elvas

Muralha de Elvas

Forte de Santa Luzia, uma das peças do conjunto de fortificações declarado patrimônio em 2012

Forte de Santa Luzia

Muralha que cerca a cidade de Elvas, construída no século 17

Muralha de Elvas

Forte de Nossa Senhora da Graça, erguido no século 18

Forte de Nossa Senhora da Graça

Com mais de 840 arcos sobrepostos, o aqueduto chega a 31 metros de altura

Aqueduto da Amoreira

Elvas

Forte de Nossa Senhora da Graça visto do castelo de Elvas

Muralha de Elvas

Muralha de Elvas

Muralha de Elvas

Muralha de Elvas

Centro histórico de Elvas

Centro histórico de Elvas

Xxxx xxx x xxx xxxxxxx

Forte de Nossa Senhora da Graça visto do Forte de Santa Luzia

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

O MELHOR DE ÉVORA

Estas são as melhores fotos de Évora publicadas neste blog no último ano e meio. Se você ainda não sabe, torno a avisar: revisitarei a cidade em outubro, durante uma viagem a Portugal que começa já no próximo domingo, dia 20. Essa será a quarta etapa de documentação fotográfica do projeto Portugal – Patrimônios da Humanidade. Primeiro, irei para a Ilha da Madeira, fotografar a floresta Laurissilva (patrimônio mundial desde 1999). Depois, para as alentejanas Évora e Elvas (classificadas pela Unesco em 1986 e 2012, respectivamente). Antes de voltar para o Brasil, ainda passarei por Lisboa, para mais uma rodada de fotos no Mosteiro dos Jerónimos e na Torre de Belém (ambos tombados em 1983).

A viagem será transmitida em tempo real pelas redes sociais do projeto (Facebook, Instragram, Twitter), mas também poderá ser acompanhada em posts semanais aqui no blog. Este ano, conto com o precioso apoio do Turismo da Madeira e do Turismo do Alentejo.

Convido-o a seguir os meus passos em território português a partir de domingo – dia a dia, hora a hora. E a descobrir o que acontece nos bastidores de uma reportagem fotográfica. Bora pra Portugal!

Évora

Pórtico da Sé Catedral de Évora

Templo Romano

Templo Romano

Centro histórico de Évora

Centro histórico

A granítica Catedral de Évora, inspirada no modelo da Sé de Lisboa

A fachada da catedral

Centro histórico

Centro histórico

Centro histórico

Centro histórico

Centro histórico

Centro histórico

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

IGREJA DE SANTO ANTÃO

No post anterior, você viu dois dos ícones da Praça do Giraldo: os arcos e a fonte barroca. Aqui vai um terceiro, a Igreja de Santo Antão. Sua construção, ordenada pelo Cardeal-Rei D. Henrique, teve início em 1557. Foi classificada como Imóvel de Interesse Público em 1970.

Igreja de Santo Antão: uma das mais importantes de Évora

Igreja de Santo Antão: uma das mais importantes de Évora

Um recorte da fachada: construção teve início em 1557

Um recorte da fachada: construção teve início em 1557

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

ARCOS DE GIRALDO

Esses são os arcos de Giraldo, uma das praças mais legais que eu conheço – ainda que ela nunca apareça nos rankings que as revistas de turismo publicam de vem em quando. Todos, absolutamente todos os caminhos de Évora convergem para este lugar. E dizem que sempre foi assim, desde a fundação da cidade, no início da década de 1570.

Évora

Arcos da Praça do Giraldo, em Évora

A fonte barroca de Giraldo: oito bicas, cada qual associada a uma rua

Fonte barroca de Giraldo

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

DE MALAS PRONTAS PARA ÉVORA

Esta galeria contém 7 imagens.

Convido o leitor para um passeio por alguns dos lugares mais emblemáticos de Évora, cujo centro histórico foi declarado patrimônio da humanidade em 1986. As sete fotos reunidas neste post são todas inéditas, embora tenham sido clicadas há quase três … Continuar lendo