QUINTA DAS LÁGRIMAS

Na Quinta das Lágrimas, onde Pedro e Inês secretamente se encontravam, existe hoje um hotel bem bacana, rodeado por jardins que se equiparam, em raridade e exotismo, aos mais completos jardins botânicos da Europa. Foi aqui que eu me hospedei quando estive em Coimbra, em setembro do ano passado.

Nonononon no nono n nono no n nono nononono nonono

O palácio: aqui, Pedro e Inês se encontravam secretamente

Nonononon no nono n nono no n nono nononono nonono

A piscina do hotel: rodeada por jardins exuberantes

Segundo a lenda, foi nesta quinta que a bela Inês de Castro chorou pela última vez, ao ser trespassada pelos punhais dos fidalgos que o rei Afonso IV, pai de Pedro, contratou para assassiná-la. Das lágrimas da donzela teria nascido uma fonte, cujas águas até hoje correm sobre pedras tingidas de vermelho pelo sangue de Inês.

Nonononon no nono n nono no n nono nononono nonono

A Fonte das Lágrimas: onde a bela Inês de Castro chorou pela última vez

O hotel oferece a seus hóspedes três ambientes distintos: os quartos do palácio, do jardim e do spa. Mais informações no website da Quinta das Lágrimas.

Nonononon no nono n nono no n nono nononono nonono

Um dos vários ambientes do palácio

Nonononon no nono n nono no n nono nononono nonono

Quarto do palácio

Nonononon no nono n nono no n nono nononono nonono

Quarto do jardim

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s