O CLAUSTRO DO SILÊNCIO

Piso térreo do Claustro de D. Dinis, também conhecido com Claustro do Silêncio. Esta era a área central do Mosteiro de Alcobaça, à volta da qual foram dispostas suas principais dependências – a igreja, a Sala do Capítulo, o parlatório, a Sala dos Monges, o refeitório, a cozinha e, no piso superior, o dormitório. Tratava-se de um espaço de circulação, por onde os monges se deslocavam em silêncio. As galerias do piso térreo foram concluídas em 1311, numa obra atribuída ao arquiteto Domingo Domingues e a mestre Diogo. Sua volumetria original foi alterada com a construção do piso superior (1505-1519), por ordem do abade D. Jorge de Melo, com a orientação de João de Castilho e a colaboração de Nicolau Pires.

Claustro do Silêncio, Alcobaça: passagem para as principais dependências do mosteiro

Claustro do Silêncio, Alcobaça: passagem para as principais dependências do mosteiro

© Foto: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s