UMA CABRA DE 10 MIL ANOS… OU MAIS!

Esta é a Rocha 5B, no sítio arqueológico de Penascosa, Vale do Côa. Percebe o desenho de uma cabra gravado no xisto? Ele foi feito há 10 mil anos ou mais. É arte paleolítica – ou pré-histórica, se preferir assim. Segundo o arqueólogo António Martinho do Carmo Baptista, diretor do Museu do Côa, a Rocha 5 era, naquele tempo, um imenso painel. Hoje, o que se vê é um conjunto de blocos que resistiram à erosão e preservaram algumas gravuras. Uma delas é esta, na qual dá para ver também uma segunda cabeça de cabra e a face de um cavalo, entre outras figuras menos evidentes.

Visitas noturnas a Penascosa podem ser agendadas pelo site da Fundação Côa Parque ou com a guia Ana Berliner, dona da guesthouse Casa da Cisterna, em Castelo Rodrigo. Foi ela quem me guiou. Posso garantir que a experiência é inesquecível, muito mais impactante que uma visita durante o dia. Com a luz rasante da lanterna projetada sobre as rochas, as gravuras saltam aos olhos de tal maneira que a gente fica até emocionado. O ideal é fazer duas visitas, uma diurna e outra noturna. A noturna geralmente é mais cara, mas vale cada centavo.

Detalhe da Rocha 5B no sítio arqueológico de Penascosa, Vale do Côa: visita noturna é inesquecível

Detalhe da Rocha 5B no sítio arqueológico de Penascosa, Vale do Côa: a visita noturna é inesquecível

© Fotos: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

Anúncios

Um pensamento sobre “UMA CABRA DE 10 MIL ANOS… OU MAIS!

  1. Pingback: CASA DA CISTERNA | Portugal - Patrimônios da Humanidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s