24 HORAS EM AVEIRO

Peço licença aos leitores para fugir do tema central deste blog. Essa cena aí na foto é Aveiro. E Aveiro não é patrimônio da humanidade. Mas fiz algumas fotos tão legais na minha passagem por lá, em setembro passado, que não resisto a publicá-las. Fiquei na cidade menos de 24 horas, uma única noite entre Coimbra e Castelo Rodrigo. Tempo suficiente apenas para ter certeza de que preciso voltar. Considerando o que li e o que experimentei, diria que é destino para pelo menos três dias, talvez 4 ou 5. Vou explicar essa conta nos próximos posts – e pretendo fazê-lo praticamente sem usar palavras.

Aveiro

Cais dos Botirões, em Aveiro: a cidade não é patrimônio mundial, mas bem que poderia ser

© Foto: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s