CLAUSTRO REAL

Detalhe do Claustro Real – ou Claustro D. João I, como você preferir. Um lugar de arquitetura solene, bem tranquilo e relaxante quando não está abarrotado de turistas. Foi começado pelo mestre português Afonso Domingues, no século 14, e terminado pelo irlandês David Huguet, no século 15. A dica é aquela de sempre: evite os fins de semana e, se possível, fuja também dos meses de verão. Visitar o Mosteiro da Batalha sem muvuca é muito mais legal. Em 2013, este foi o terceiro monumento mais visitado do país, com 291,5 mil visitantes. Só ficou atrás do Mosteiro dos Jerónimos (723 mil) e da Torre de Belém (538 mil), ambos em Lisboa.

Luz de fim de tarde no Claustro Real, Mosteiro da Batalha: lugar solene e elegante

Luz de fim de tarde no Claustro Real, Mosteiro da Batalha: lugar de arquitetura solene e elegante

© Foto: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s