ARTE PRÉ-HISTÓRICA

Uma das minhas gravuras favoritas em Penascosa: a cabra-montês – ou íbex ibérico – da Rocha 5. Esse é um dos bichos que mais foram representados pelos artistas paleolíticos do Vale do Côa – ao lado do cavalo e do auroque. “A importância do Côa se revela não só pelo número de gravuras”, diz o arqueólogo António Martinho Baptista, “mas também pela qualidade estética delas”.

A cabra da Rocha 5 de Penascosa: uma das espécies mais retratadas pelos habitantes pré-históricos do Côa

A cabra da Rocha 5 de Penascosa: uma das espécies mais retratadas no Vale do Côa

© Foto: Eduardo Lima / Walkabout – Todos os direitos reservados